Exportação, Drawback, Câmbio

Atendendo à dinâmica da Legislação em vigor. A origem do processo é via: Ordem de Venda (Solicitação ou Pedido), Remessa ou Documento de Faturamento, atendendo aos vários tipos de fluxos de venda, com as gerações de RE, DDE, DSE e NOVOEX, com os decorrentes fluxos necessários para o Desembaraço Aduaneiro, de forma “on line” e “real time” integrado ao sistema ERP.


O processo de câmbio de exportação pode ser efetuado para qualquer tipo de contrato: ACC, ACE, e os meios de pagamento utilizados, faturados não embarcados, pagamento antecipado ou pós-pagamento. Controlando variação cambial pelo tipo, com controle dos recebimentos em conta corrente no exterior (MP-315) e dos valores a pagar sobre royalties e comissões de agentes (e atendimentos às exigências SISCOSERV).

No caso opcional de Drawback (suspensão / isenção), incluso à gestão dos Estoques segregados para Matérias Primas, Sobras, Agregados e Sucatas, e decorrentes do processo de Importação, Produção e Exportação, permitem que os dados sejam utilizados na preparação dos novos Pedidos para Drawback, tanto na modalidade de Suspensão quanto na de Isenção. Devido aos controles de Posição (ou status) e de Saldos online, da facilidade no envio dos dados para o Siscomex, da possibilidade de se efetuar a substituição de materiais, via Aditivos ao Ato Concessório é um acelerador nesse fluxo.


Relatórios Standard permitem o acompanhamento detalhado do STATUS de cada fase do processo de Exportação, mostrando os valores liquidados e a liquidar (em abertos), além de relatórios de controles para obter vários posicionamentos do processo, inclusive o de ganho fiscal, através dos impostos suspensos ou isentos. Emite Laudos Técnicos por operação realizada ou no final da linha de produção , com Transmissão dos dados do processo de suspensão diretamente no site do Governo.

Outros Relatórios Standard para Importação com Drawback (RID) e do Relatório de Exportação de Drawback (RED) é automatizado e detalham os processos envolvidos no Ato Concessório de Isenção. Relatório de Nacionalização, detalhando os impostos do saldo dos insumos importados que não foram utilizados nas exportações, Relatórios de Cruzamento de Dados para verificar quando o insumo de uma determinada Declaração de Importação foi utilizado. Com geração da lista técnica (BOM = Bill Of Material) nativa no ERP, relatório FCI, e vinculação dos processos de importação e de exportação para a comprovação dos Atos Concessórios que são gerados online oferece total confiabilidade e rastreabilidade destes processos.


Precisamos entender a sua necessidade, temos o know how, confiabilidade e ética com garantia. Assim conseguimos acelerar na busca da SUA SOLUÇÃO IDEAL, pois nosso ecossistema tecnologicamente se auto complementa e podemos lhe atender plenamente e com comprovada satisfação, através das várias opções de soluções que podemos recomendar "ANTES" de qualquer investimento.

Utilizamos práticas "standard" das Marcas de Soluções que representamos, são aplicações que geram economia e produtividade focando em:

  • Redução de seus Investimentos,
  • Redução de suas Despesas (Fixas e Variáveis, principalmente as ocultas),
  • Maximizar seus Ganhos operacionais,
  • MINIMIZAÇÃO dos RISCOS a todos.

Abrangência maior em  Risco Fiscal

Comments are closed.